Carrinho

O seu carrinho está vazio

Continuar a comprar

Pavios, pavios...

Aqui na Nidore, só uso pavios de algodão. Estou certo que muita gente se deverá estar a questionar... mas há outros? Sim! Aqui não são muito comuns, mas começam a ganhar fama no mundo das velas. 

Hoje vamos falar dos dois tipos: Pavios de madeira, e pavios de algodão. Vamos lá então, à ciência das coisas.

Os pavios de algodão são, como o nome indica, constituídos maioritariamente por algodão. Comprimido, e geralmente têm também papel, ou folhas de eucalipto para dar suporte. 

Já os pavios de madeira, são isso mesmo. Pequenas lâminas constituídas por madeira, elaborados especificamente para velas. 

Estes últimos dão um maior ambiente a qualquer divisão, já que emitem uma chama mais larga e mais acolhedora, em conjunção com o som "estaladiço" que faz a ser queimado. O problema é que este tipo de pavios requerem maior atenção e cuidados por parte do utilizador.

pavio de madeira
Pavio de madeira, em vela de cera de soja.

 

Para alguém inexperiente, pode ser frustrante reacender constantemente uma vela com pavio de madeira por este estar sempre a apagar-se. Sabia que pode demorar quase 20 segundos a acender um pavio de madeira?

Decidi então focar-me na produção com pavios de algodão pela facilidade de uso e pela sua versatilidade. Basta cortar o pavio a 1/4 do tamanho antes da primeira queima e está ready to go.

 Para além de serem economicamente mais viáveis, são mais fáceis de cuidar, e é um pavio bastante comum e conhecido em Portugal. Já sabe, que se quiser experimentar uma vela com pavio de madeira, terei todo o gosto em ajudar! 

Comentários (0)

Deixe um comentário